Confira detalhes da nova tour de Sandy e Junior

15/03/2019 09:17

Agora é oficial: os irmãos Sandy e Junior vão sair em turnê comemorativa aos 30 anos de lançamento da dupla – que se manteve ativa até 2007. Desde o último show, há 12 anos, os dois vem se reunindo raríssimas vezes, em programas de TV ou apresentações especiais – como ocorreu em agosto último, quando Sandy, durante a passagem da turnê do show “Nós, Voz, Eles” por São Paulo (Credicard Hall), convidou o irmão para dividir os vocais em dois hits dos tempos da dupla, “Quando Você Passa” e “Eu Acho Que Pirei”.

Organizada pela Live Nation, a tour “Sandy e Junior – Nossa História” “é pontual”, como definem os irmãos. Ou seja: não serão apresentadas novas canções, não entrarão no repertório faixas das carreiras solo dos artistas e nem há interesse dos dois em esticar a temporada para além dos 10 shows já confirmados, a serem realizados em grandes arenas. A tour começa no dia 12 de julho em Recife (Recife Classic Hall). Na sequência vai a Salvador, dia 13 (Arena Fonte Nova), dia 19, a Fortaleza (Centro de convenções) e dia 20, a Brasilia (estádio Nilson Nelson). No dia 3 de agosto segue para o Rio de Janeiro (Jeunesse Arena), dia 17, vai a Belo Horizonte (Ginásio Mineirinho), dia 24 do mesmo mês estará em São Paulo (Allianz Parque) e dia 31 vai a Curitiba (Pedreira Paulo Leminsky). A turnê termina no norte do país, com apresentações 13 de setembro, em Manaus (Studio 5), e no dia seguinte, em Belém (Hangar).

Dirigido por Raoni Carneiro, o show de 30 anos de lançamento de Sandy & Junior (a primeira vez que cantaram juntos em rede nacional foi no programa “Som Brasil”, da Rede Globo, em 1989) terá por base o álbum “As Quatro Estações”, lançado em 1999 e que já vendeu mais de quatro milhões de cópias, somadas as versões de estúdio e ao vivo. O álbum, que trouxe hits como “Imortal”, “Vamos Pular”, “Aprender a Amar”, “Olha o Que o Amor me Faz” e a faixa-título, rendeu ainda uma tour com muitas inovações para a época, como neve artificial, aromas (de coco representando o verão e de flores representando a primavera) e vários efeitos especiais utilizando telões num período em que o Led era caro e pouco popular por aqui. O espetáculo passou por dezenas de cidades e foi visto por  oito milhões de pessoas.

Novo clipe do Nenhum traz imagens de show no Uruguai

08/03/2019 08:46

Nesta sexta-feira, 8, estreia no canal do grupo Nenhum de Nós o video do single “Fã de Faith no More”, segunda faixa do EP “Doble Chapa”, lançado em abril do ano passado. Um lyric video da canção já havia sido disponibilizado, mas agora a banda gaúcha apresenta aos fãs o clipe oficial do single, filmado durante apresentações no Teatro do CIC, em Florianópolis (em novembro de 2018), e na Sala Zitarrosa, em Montevidéu (em dezembro).

Realizado pela produtora catarinense Um Ponto Oito Films, o clipe é aberto com belíssimas imagens noturnas da capital uruguaia, captadas por uma câmera em um drone. Partindo da Praça Independência, mostra a extensão da imponente Avenida 18 de Julho, a principal referência turística do centro de Montevideú.

O video conta com a participação da intérprete uruguaia Lucía Ferreira. Por sinal, o autor da versão original da canção também é do país vizinho. Trata-se do cantor e compositor uruguaio Fede Lima (da banda SOCIO). A releitura da banda gaúcha para esta balada romântica, que reforça a conexão da mesma com o pop uruguaio e latino, é cantada em português e espanhol, num dueto de Lucía com o vocalista Thedy Corrêa

Ivete lança coreografia de “Lambada (Corpo Molinho)”

01/03/2019 08:13

Ontem, Ivete postou nas redes sociais e em seu canal do YouTube um novo video, resultado da união de um time de peso, que gravou a coreografia da música para “ensinar” o público a dançá-la no carnaval. Criada pelo coreógrafo e professor de dança Justin Neto, que também participa do vídeo, a coreografia foi gravada em Salvador e teve a participação de Claudia Leitte e da humorista Dani Calabresa, além, claro, da própria Ivete.

“Foi um sonho! O Brasil esperava há tempos uma parceria das duas rainhas do axé, e valeu a espera. A música é divertida e deliciosa como a vibe das duas. Ivete e Claudinha deixam nosso corpo e nosso coração molinhos”, declarou Dani Calabresa, que se descobriu dançarina na última edição do “Dança dos Famosos” (“Domingão do Faustão”), quando foi uma das finalistas.

Lambada (Corpo Molinho)” faz parte do EP “Carnaval com Ivete – Live Experience” lançado no dia 25 de janeiro. O trabalho reúne mais três faixas (“Teleguiado”, “Mainha Gosta Assim” e o medley “Oba, Se Joga/Lambada Delícia/Cadê meu Coco”) e faz parte da divulgação do DVD “Live Experience”.

Exportação de música foi tema de evento em SP

22/02/2019 09:22

A segunda edição do Brasil Music Summit (BMS), realizado em São Paulo (Unibes Cultural) entre os dias 6 e 9 de fevereiro, contou com a presença de mais de 500 credenciados e mais 1400 pessoas do público final – que foram assistir aos showcases. O evento é promovido pela Brasil Música & Artes (BM&A) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), por meio do programa Brasil Music Exchange (BME), que promove a produção musical brasileira em eventos internacionais. A conferência reuniu conteúdos relacionados a sync, music branding e live music com foco em exportação de música brasileira e fechamento de negócios fora do país. Os contatos realizados e as rodadas de negócios geraram expectativas de 1 milhão de dólares para os próximos 12 meses.

“Um dos nossos objetivos essenciais é fornecer às empresas brasileiras uma oportunidade única de entrar em contato com profissionais dos principais mercados-alvo da nossa música, sem precisar sair do Brasil. Para isso, realizamos um amplo trabalho de prospecção de nomes internacionais. Conseguimos atrair diferentes perfis de convidados”, explica o gerente de projetos da BM&A e diretor geral do evento, Leandro Ribeiro.

O executivo completa: “todas estas ações são pioneiras e têm como objetivo deixar o mercado brasileiro da música mais maduro, gerando mais renda, empregos e negócios. Ao compararmos o Brasil com outras nações, percebemos que temos muita capacidade de crescimento em relação ao tamanho do país e à sua grandeza econômica. A Holanda, por exemplo, é 17ª economia mundial e gera 1 bilhão de dólares com o mercado da música, enquanto o Brasil, que é a 9ª economia, fatura apenas 480 milhões de dólares. Com isso, vemos que temos um potencial de crescimento de pelo menos 500 milhões de dólares por ano”.

A programação se dividiu em quatro pilares: palestras e painéis, focados na apresentação de cases de sucesso e em debates relevantes para a indústria; workshops sobre temas práticos do dia a dia dos profissionais; atividades de negócios e networking, como rodadas de negócios e encontros, e showcases para apresentação de 23 bandas e artistas brasileiros, incluindo nomes como Céu e Karol Conka.

Mundo da Música

As novidades e todas as notícias do mundo da música estão aqui.

Outros Blogs

Voltar Topo