Rio Grande

Investimento

Encantado com a cidade, Luciano Hang promete atrair os rio-grandinos e os turistas do Cassino para a Havan

Por Rodrigo de Aguiar , 15/03/2019, 10h37

“Adorei a cidade e o seu povo simpático. Vamos atrair os rio-grandinos e os turistas que venham para a praia do Cassino”. Foi com muito otimismo que o empresário catarinense, Luciano Hang, iniciou sua fala com a nossa reportagem sobre a instalação da filial da gigante Havan aqui em Rio Grande. Entre um compromisso e outro, ele conversou conosco sobre a loja que será construída na cidade e sobre a política expansionista da rede varejista.

Principal símbolo das lojas da marca, Hang assegurou a presença da réplica da Estátua da Liberdade que terá 35 metros de altura. “Nossa loja ai na cidade terá oito mil metros quadrados de área construída, em um investimento de aproximadamente R$ 30 milhões. Rio Grande se constitui como uma cidade de porte regional e por isso possui as condições necessárias para receber uma loja da Havan”, completou o empresário.

Assim como outras lojas da rede, a unidade de Rio Grande contará com praça de alimentação, serviço este que deverá ser terceirizado, segundo Luciano. Ainda conforme o empresário, assim que as licenças forem obtidas as obras serão iniciadas, devendo ser concluídas em cerca de 120 dias. Ele também confirmou a abertura de aproximadamente 200 postos de trabalho, vagas que serão ocupadas por moradores de Rio Grande, com exceção dos cargos de liderança.

Questionado sobre as boas vindas dadas pelo Sport Club São Paulo pelas redes sociais, Hang afirmou que teve acesso à postagem e disse que se trata de uma prática da empresa patrocinar os clubes de futebol das cidades onde a marca está instalada, mas nesse momento a prioridade é para a inserção das pessoas no mercado de trabalho, no entanto não descartou a possibilidade de um contato posterior com os times para uma possível parceria.

Sobre a política expansionista, Hang informou que a meta da empresa é de abrir 25 lojas em 2019, sendo que por mês deverão ser inauguradas uma média de quatro lojas. “Atualmente estamos em 17 estados da federação. Abriremos lojas em São Luiz do Maranhão, em Teresina, no Piauí, no estado do Amapá, entre outros”, finalizou o empresário.

Foto: Divulgação/Portal ND+

Voltar Topo