País

Ação Policial

Após 3h30 de sequestro, atirador de elite abate criminoso

Por Guilherme Rajão , 20/08/2019, 09h16

Após mais de 3h30 de sequestro, o homem que fez 37 pessoas reféns na ponte Rio-Niterói foi executado por um atirador de elite. A informação foi confirmada pelos agentes de segurança que atuam no local. A ação ocorreu por volta das 9h03, quando o sequestrador acabou surpreendido pela ação do BOPE-RJ.

De acordo com as informações preliminares, não há feridos entre os 31 reféns que ainda estavam dentro do coletivo no momento dos disparos. Considerada uma das principais vias de acesso do Rio de Janeiro, a Ponte Rio-Niterói foi totalmente interrompida desde o início da ação.

A arma que estava em posse do criminoso era de brinquedo, o que foi averiguado pelo BOPE após a constatação do óbito. O governador do estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, deu entrevista há pouco e se disse satisfeito com o trabalho realizado pelas forças de segurança. "Se não tivéssemos abatido esse criminoso, muitas vidas poderiam ter sido ceifadas. A ação foi perfeita por parte de todos que participaram das estratégias neste caso" garantiu.

Foto: Divulgação

Voltar Topo