Zona Sul

Cultura

Aberta oficialmente a 38ª Feira do Livro de SLS

Por Assessoria , 08/11/2019, 13h41

Literatura e cultura são destaques do fim de semana em São Lourenço do Sul, com a 38ª Feira do Livro que iniciou na última quinta-feira (07/11) e segue até o próximo domingo (10/11). Com intensa programação, o evento ocorre na rua XV de Novembro, em frente a Coordenadoria de Cultura onde estão também o Museu Municipal e a Biblioteca Pública Municipal Elida Frömming Schild.

A Feira foi aberta oficialmente na tarde de quinta-feira e contou com a presença de autoridades, escritores e público. O patrono da Feira, Jefferson Dieckmann, falou de sua honra por ser homenageado como patrono e da importância da Feira, da literatura e da educação para o crescimento, especialmente das crianças. Ele fez uma homenagem também a sua professora, Iolane Roveré Montezuma, chamando- a ao palco. “Ela me deu uma nota boa em uma composição, como se chamada redação na época e me disse: guri, nunca pare de escrever, teus textos são bons”, lembrou o patrono, destacando o quanto a professora o estimulou e o quanto a educação é transformadora.

A secretária de Educação, Cultura e Desporto, Silvia Machado, falou da educação como prioridade da Administração Municipal e destacou a importância da Feira neste contexto. Já o diretor do Campus São Lourenço da Furg, Eduardo Vogelmann, falou da parceria da Universidade com a Prefeitura e Coordenadoria de Cultura para a realização de várias atividades na Feira. Ele ainda falou do trabalho em conjunto com a Prefeitura para expandir a Furg em São Lourenço do Sul. A reitora da Universidade, Cleusa Maria Sobral Dias também destacou a parceria para a expansão da Furg, com a articulação do prefeito Rudinei Härter para doação da área para a construção do Campus e para a oferta de novos cursos. Ela aproveitou a oportunidade para anunciar Letras como o novo curso em 2020 em São Lourenço do Sul.

O prefeito Rudinei Härter abriu oficialmente o evento dizendo que “a Feira sempre é um momento especial, a busca pelo conhecimento, a presença de escritores e seus livros e as crianças que aqui aprendem e são estimulados”. O prefeito também falou do trabalho conjunto com a Furg e parabenizou a Universidade pelos 50 anos e pelos nove anos em São Lourenço do Sul, comemoração que motivou a parceira para a Feira do Livro. “Sempre acreditei que quando há união das pessoas as coisas acontecem. Por isso tenho confiança na sequência daquilo que começamos”, disse o prefeito sobre a construção do novo Campus.

Ainda na abertura, a escritora Aloí Schneider entregou ao prefeito o Dicionário Escolar Português/Pomerano, obra única no Brasil lançada e autografada logo depois na Feira. O momento foi também de entrega ao prefeito da obra "A várias mãos", resultado de um trabalho do patrono Jefferson Dieckmann junto às escolas de São Lourenço do Sul, que será lançada às 14h desta sexta-feira. Ao final da cerimônia, Iara Schmegel foi anunciada patronesse da Feira em 2020.

Foto: Divulgação/PMSLS

 

Voltar Topo